Populares

Escrito por: Fabi janeiro 30, 2013

Olá queridos! Já tem um tempinho que desejava dar uma atenção especial aos nossos parceiros. Então, resolvi começar pelo meu querido amigo Marcelo Paschoalin, que na minha opinião, além de ser um grande escritor e um ótimo amigo, possui uma mente brilhante e um grande coração.


Marcelo Paschoalin assina os romances de fantasia "Regência de Ossos""Eriana - Filha da Morte e Vida" e "A última Dama do Fogo" e os RPGs"Anel Elemental: o Legado""1887: Sob o sol do Novo México""Anel Elemental: a Nova Era""Aventura e Magia" e "Dark Fate" (este último publicado em inglês).
Dentre os seus trabalhos posso dizer que já tive o prazer de resenhar três deles: "Regência de Ossos""Eriana - Filha da Morte e Vida" e "A última Dama do Fogo", confiram as resenhas, basta um clique nos links citados abaixo.

      *A Última Dama do Fogo                                                                     *Regência de Ossos                                                  

                                                             
                                                                                                                     
                                                       *Eriana- Filha da Morte e Vida

Ultimamente Marcelo tem trabalhado no relançamento de Regência de Ossos, que virá de capa nova e também administra o seu site Letra Impressa , podemos encontrar os trabalhos do autor, seus contatos, a lojinha para que possam adquirir suas obras e uma coluna intitulada "O que tenho dito " em que o autor publica sua reflexões.
Então, para terminar, deixo vocês com umas das reflexões do autor que nos mostra um pouquinho quem é Marcelo Paschoalin.

Estou escrevendo um livro

Você já ouviu essa frase. Você já pode até tê-la dito. Talvez as palavras saíram como um sussurro, ou com um tom de brincadeira. DizerEstou escrevendo um livro é mais do que apenas relatar o que você está fazendo: é tornar público algo que, em princípio, é só seu (e a sensação é a mesma se esse é seu primeiro livro ou é seu décimo-segundo).
Só que raramente essa frase é acompanhada do silêncio. Sabe por quê? Porque todo mundo tem algo a dizer sobre o ato da escrita: podem até não serem escritores, mas com certeza falam sobre escrever (pense em quantos dizem Vou escrever um livro um dia e nunca passam da primeira página). Então, quando você diz que está escrevendo um livro, tem de estar preparado para o turbilhão de comentários.
Você vai receber críticas, desencorajamento, piadinhas e, talvez, um pouco de incentivo (agradeça a sua mãe por isso). Ao menos até seu processo de escrita estar amadurecido (ninguém nasce escritor: a arte da escrita têm técnicas que precisam ser dominadas, e isso ninguém ensina a fundo em aulas de Redação no Ensino Básico): quando sua narrativa tomar força e vigor, as críticas começarão a diminuir e os incentivos crescerão. Mas não esqueça dos elementos que giram ao seu redor durante esse momento inicial:

1- Ao escrever seu primeiro rascunho de livro, você não tem experiência, o que leva necessariamente a críticas.
2- Se você não aguentar as críticas, vai abandonar o processo de escrita, e não vai se aprimorar. Aí, quando decidir escrever algo novamente, vai receber mais críticas (volte ao 1.).
3- Se você aguentar as críticas e persistir, chegará ao fim do livro, e perceberá que ele precisa ser reescrito (afinal, era um rascunho inicial).
4- Ao reescrever, haverá críticas sobre o tempo desperdiçado até então…
5-…mas essas críticas vão paulatinamente se transformando em incentivo e elogio a medida em que sua escrita está agora mais amadurecida e a história começa realmente a cativar o leitor.
E isso vai seguindo até o livro estar pronto… Quando isso acontecer, você vai perceber que o seu jeito receoso de dizer Estou escrevendo um livro mudou para algo mais assertivo e confiante. Escrevi um livro, dirá, ao fim do processo.
Mas o que acontece depois?
Acontece uma coisa inevitável: vai ter gente que não vai gostar do seu livro. Simples assim.
Nem todo livro é para todo leitor. Há coisas que você gosta e outras que você prefere deixar de lado. Seu livro, seu sonho em papel, é uma dessas coisas e, por mais que você goste e se orgulhe dele, alguém vai falar que não gostou (inclusive pessoas que nem leram – não li e não gostei).
Se é seu primeiro livro, esse choque pode ser mais difícil de enfrentar, mas como tudo na vida, você ganha experiência (e anticorpos :-) ) com o tempo. Entenda que a crítica é ao livro, ao que está escrito, e não a você. Não gostar do que você escreve não é automaticamente um reflexo de não gostar de você. Aceite que o livro não encantou os outros… ao menos não como completa e totalmente enfeitiçou você.
O que fazer então? Acene e sorria. Você não é o primeiro a passar por isso, tampouco será o último escritor a enfrentar tais críticas. Aceite o fato de que escrever é uma arte e, como tal, leva anos para ser dominada… e mesmo tal domínio não lhe fará ser unanimidade. Aprenda com as críticas construtivas, polidamente desconsidere as críticas destrutivas e continue escrevendo. Se quiser mesmo ser escritor, ainda mais um escritor de literatura fantástica brasileira, acene, sorria, aprenda, e siga em frente.

Sonhe!


Espero que tenham curtido.
Bjos e até...



{ 15 comentários ... leia abaixo ou comente }

  1. Que bacana! Belas palavras e um grande incentivo aos novos e velhor escritores. Ainda não conhecia o autor, os trabalhos parecem bem interessantes.
    Grande Beijos!

    Camila - Meu Livro Cor-de-Rosa
    http://meulivrocorderosa.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Gostei do post :)
    Super bacana ficar sabendo os nossos autores parceiros estão aprontando ;)
    beijos
    Brubs

    ResponderExcluir
  3. Adorei esse post, e claro, saber o que os autores parceiros pretendem fazer (ou estão fazendo) é super legal. E olha que nem conheço o autor, mas as capas são super fofas.

    clicandolivros.blogspot.com

    ResponderExcluir
  4. Oi amiga, adorei o post e saber mais sobre o Marcelo, não sabia quem era o escritor por trás de Regência de ossos.. E adorei as palavras dele e seu post tb ^^

    beijos
    http://www.dailyofbooks.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Ainda não conhecia o autor, mas adorei esse post. É bom saber quais as novidades que eles estão trazendo para nós.

    P.S: Saudades também, Fabi.

    Lucas / Era uma vez

    ResponderExcluir
  6. Sabe, esse texto realmente me fez ficar pensando em tudo. Eu escrevo, mas sempre que alguém fala algo sobre o que estou escrevendo (e estou falando de críticas) eu paro e desisto e até que uma nova história surja em minha cabeça, eu fico parado. Esse texto me fez repensar sobre isso tudo e, com certeza, é um bom incentivo aos novos escritores. Parabéns.

    Beijos,
    Felipe
    A Hora do Livro

    ResponderExcluir
  7. Oi,

    adorei o post e o texto! Me identifiquei bastante com o texto!

    Bjs

    ResponderExcluir
  8. Gostei do texto reflexivo do Marcelo Fabi. Serve tanto para alguns autores, que muitas vezes não sabem entender uma crítica como ela deve ser interpretada e também para nós blogueiros. Beijo!

    www.newsnessa.com

    ResponderExcluir
  9. Oi Fabi, muito legal esse espaço aqui para os autores parceiros. Já vi você comentar aqui sobre um dos livros do autor e fiquei curiosa para ler, mas não sei quando terei oportunidade.
    Quanto ao texto, achei fantástico! Acho que expressa bem o que aqueles que se arriscam a escrever algo precisam passar, e com certeza vale o crescimento.

    Beijos

    ResponderExcluir
  10. Uau! Adorei essa reflexão do autor, realmente ele acertou em cheio! Deu dicas valiosas para aqueles que sonham com isso, e com concordo, apesar das criticas, devemos seguir em frente, alguns podem gostar do livro, outros não, mas tudo é aprendizado! Parabéns pelo post! Ficou dez!

    Bjs

    daimaginacaoaescrita.com

    ResponderExcluir
  11. Oiii, tudo bom?
    Adoreeei a sua ideia de dar uma atenção maior aos parceiros e também adorei o texto dele! Concordo com tudo que ele disse, além de ele ter dado ótimas dicas ne!! E ele escreve super bem, vou procurar saber mais desses outros trabalhos dele!

    Beijoss
    Thaís - Instinto de Leitura

    ResponderExcluir
  12. Oie Fabi,
    gostei da ideia, e conheço alguns dos livros dele, mas infelizmente não li nenhum ainda.

    bjinhos

    http://blog.vanessasueroz.com.br

    ResponderExcluir
  13. Oi,

    tem selinho para você lá no blog:

    http://mademoisellelovebooks.blogspot.com.br/2013/01/selinho-premio-dardos.html

    Espero que goste!

    Bjs

    ResponderExcluir
  14. Olá!
    Primeira vez que visito o blog, e confesso que fiquei encantada:)
    Adorei a ideia do post, na verdade conheço o autor, porém nunca li nenhum obra dele. Ah, e seu texto ficou realmente muito bom, sonhar nunca é demais.

    Beijos&beijos
    Book is life

    ResponderExcluir
  15. Oi!! Bom saber onde andam os escritores, assim sabemos o que virá para nós.

    Bjos!!
    Cida
    Moonlight Books

    ResponderExcluir

- Copyright © Roubando Livros - Date A Live - Powered by Blogger - Template Base por Johanes Djogan -