Populares

Escrito por: Rodrigo Moreira setembro 02, 2012


Todos os anos, os magos de Imardin reúnem-se para purificar as ruas da cidade dos pedintes, criminosos e vagabundos. Mestres das disciplinas de magia, sabem que ninguém pode opor-se a eles. No entanto, seu escudo protetor não é tão impenetrável quanto acreditam. Enquanto a multidão é expurgada da cidade, uma jovem garota de rua, furiosa com o tratamento dispensado pelas autoridades a sua família e amigos, atira uma pedra ao escudo protetor, colocando nisso toda a raiva que sente. Para o espanto de todos que testemunham a ação, a pedra atravessa sem dificuldades a barreira e deixa um dos mágicos inconsciente. Trata-se de um ato inconcebível, e o maior medo da Clã de repente se concretiza: uma maga não treinada está à solta pelas ruas. Ela deve ser encontrada, e rápido, antes que seus poderes fiquem fora de controle e destruam a todos.


Livro: O Clã dos Magos
Editora: Novo Conceito
Páginas: 446
Classificação: ★★★★★ (5/5)

Quando segurei o livro do Clã dos Magos pela primeira vez, eu fiquei maravilhado com a capa. A mulher envolvida em uma capa segurando um cajado é tão misterioso, tão impactante. E me veio mil coisas na minha cabeça de como podia ser a história, do que iria acontecer e como era a personagem principal. O livro conseguiu esmagar todas as suposições que eu tinha feito porque acontece que O Clã dos Magos foi mil vezes melhor do que qualquer coisa imaginei.

Erguendo os olhos novamente para os magos, ela estremeceu. Nunca tivera tão próxima deles, nem tivera a oportunidade de dar uma boa olhada neles. Pág. 23

O livro conta a história de Sonea e a descoberta de seus poderes. Tudo começa no dia da Purificação que é uma tradição na cidade de Imardin, isso se deu porque há mais de 200 anos após um terrível inverno que varreu as áreas rurais o antigo rei ordenou que os magos promovessem uma purificação para limpar a cidade, milhares de pessoas foram despejadas e, como não tinham onde ir, criaram as favelas. Sonea foi tirada da pensão que morava com os tios pelos magos e tinha que procurar um lugar para onde ir, até que ela se vê na frente do escudo feito pelos magos no dia da Purificação. E resolve jogar uma pedra como todos estavam fazendo. Sonea reuniu todo seu ódio pelos magos, tudo o que sentia pelo o que eles tinham feito com ela, com sua familia e com todos as pessoas da favela e jogou a pedra. Uma luz azul relampejou saiu da pedra, atingiu um dos magos e ele ficou in. Assim começa uma busca desenfreada por Sonea, os magos varrem a favela de Imardin a sua procura, usando diversos meios para achá-la mas eles não conseguiam pegá-la. 
O problema é que os poderes de Sonea estão se descontrolando, ela não podia ter nenhuma emoção forte que se transformava em alguma coisa pegando fogo ou se quebrando. Sonea não tinha dominio ao seus poderes, a unica saída é o clã dos magos, eles poderiam ensiná-la a dominar seus poderes e assim ela não correria perigo. Mas quando ela percebe isso, já é muito tarde.

No ar entre as duas palmas das mãos - uma grande e envelhecida, a outra delgada e calejada --, duas faíscas de luz colorida dançavam como insetos minúsculos. As luzes projetavam-se à volta de cada uma, mergulhavam e circulavam em um jogo complexo. A luz azul subitamente dardejou na direção da luz amarela. Esta se transformou em um anel de luz e, quando a faísca azul atravessou-lhe à velocidade de um raio, Rothen riu. Pág. 376

O fato do livro não focar em um romance é gratificante, porque focou nos magos e nos poderes de Sonea, e se tivesse mais partes de romance iria sair um pouco da história, eu pelo menos acho isso. Mas claro que nos próximos livros o romance ficará mais evidente, e apesar de estar claro os sentimentos de Cery por Sonea, ainda não se sabe quem será o seu interesse romântico. Eu torço para que seja o Lorde Dannyl, ele foi o personagem com quem mais me identifiquei.
O livro ser narrado em terceira pessoa, torna a leitura mais interessante e gostosa de ler. O livro não foca só na Sonea, vai para cenas no Clã dos Magos, onde podemos saber qual é a reação deles, o que eles fazem para encontrar Sonea, isso mostra os dois lados da história, o lado de Sonea e o lado dos magos. 
Os personagens foram bem escritos, cada um com sua caracteristica e sua função, nos simpatizamos com eles e passamos a gostar cada vez mais deles. O final foi surpreendente, ele mostra qual é o real vilão da trilogia e o que devemos esperar dos próximos livros.
O Clã dos Magos é cativante e maravilhoso. Pode ter demorado um pouco para prender minha atenção, mas quando prendeu eu não consegui parar de ler. O Clã dos Magos é um daqueles livros que você mal pode esperar para reler o livro. Ele se tornou um dos meus favoritos e eu mal posso esperar para ler os próximos livros. 


Livros que constituem da Trilogia do Mago Negro: 
1- The Magicians' Guild (O Clã dos Magos)
2- The Novice (A Aprendiz)
3- The High Lord (O Lorde Supremo)



Book Trailer

{ 7 comentários ... leia abaixo ou comente }

  1. que ótima resenha, fiquei curiosa, porem gosto mais dos livros quando tem romance tb, mais acho que vou gostar do livro, fiquei em duvida quando vc falou que demorou um pouco para o livro te prender.. mais o legal é q depois melhora ^^

    bjs
    http://www.dailyofbooks.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Camila, eu também adoro quando tem romance também, mas o bom de não ter colocado muito sobre romance no livro foi que focou mais no 'lado maga' de Sonea e foi muito bom, o livro focou na fuga e na vida dela no Clã dos Magos. Teve algumas partes de romance também mas foi pouquíssimas, mas nos próximos livros tenho certeza que focará mais no romance.
      Demorou um pouco para prender, mas depois quando prende a atenção vale totalmente a pena, eu não conseguia parar de ler o livro.
      Tenho certeza que você vai gostar.
      Beijos.

      Excluir
  2. É ótimo ler isso, tenho certeza que não vou me arrepender com o clã dos magos (ganhei numa promoção +_+). Era um dos livros que mais desejava da NC. Parabéns pela resenha, não vejo a hora de ler.

    Lucas / Era uma vez...

    ResponderExcluir
  3. Hummmmmmmmmmm... então é uma mulher na capa rsrsrs... achei q fosse homem pelo fato do livro se chamar o Clã do Magos!rs

    Tava louca atrás de achar uma resenha deste livro e pelo que vi é empolgante.. vou seguiu sua dica e entusiasmo e adquirir o livro ;DDD amei a resenha vc tem o dom de realmente passar a sintése do livro sem deixar spoilers rs...adorei!

    A propositoooo... tenho selinho para vc no meu blog.. espero que goste e use rsrsrsrs.. bjokassss

    http://sonhosliterario.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Você acredita que eu só fui descobrir que é uma mulher quando comprei o livro também?? Achei isso legal também, a capa me deixou muito surpreso até porque é legal ver que a essencia do livro está estampado na capa. Eu achei muito legal. Minha paixão pelo livro começou pela capa.
      Acho que você vai gostar sim, mas eu já vou falando para você não desanimar no começo, porque nas primeiras paginas parece ser um pouco chatinho, então n desanime, o livro pode começar parado mas quando começa a te envolver, você não consegue parar de ler.
      Ai acabei de ver, muito obrigado!!
      Beijos

      Excluir
  4. Estou com o livro aqui e ainda não li...Não pq eu estou negligenciando, mais é pq ainda não chegou o momento ;)
    Bela resenha, estão todos falando bem do livro, logo eu leio
    Beijos
    bruna-Livros de Cabeceira

    ResponderExcluir
  5. Ai que ótima sua resenha! Um amigo me falou do livro hoje e estava atras de uma resenha que me motivasse ainda mais do que a capa (kk sim, me julgue) a ler o livro. Acho que agora preciso muito de te-lo na minha lista de lidos *-* parece ser exatamente o tipo que eu gosto.

    Beijos
    Juliana/Contando Entrelinhas

    ResponderExcluir

- Copyright © Roubando Livros - Date A Live - Powered by Blogger - Template Base por Johanes Djogan -